A democratização do Instagram


A partir desta semana, o Instagram passa a oferecer sua plataforma de publicidade para anunciantes de todos os portes. Até então, a rede social restringia os formatos comerciais para um grupo seleto de 20 marcas, que participaram de um período de testes de publicidade no Brasil. Agora, com bons resultados dessa experiência, a rede finalmente colocará em prática uma proposta que já vem apresentando há muito tempo, que é a de oferecer sua plataforma para campanhas que queiram cativar o público através de imagens. “A experiência do Instagram é totalmente visual e já conseguimos atestar sua capacidade de colaborar para a construção de marcas. Agora, será possível segmentar o público-alvo, escolher filtros específicos e colocar o usuário diretamente em contato com a marca”, explica Fabricio Proti, diretor de desenvolvimento de negócios do Instagram para a América Latina. “A rede estará acessível ao budget de qualquer marca”, garante. A ferramenta de publicidade da rede social é totalmente integrada a do Facebook. Isso, como explica o diretor do Instagram, permite a aquisição de anúncios nas duas plataformas, segmentando filtragens geográficas e etárias do público-alvo, por exemplo. Além disso, os anunciantes também passarão a ter a opção de vídeos de 30 segundos para o Instagram (até então, os vídeos publicitários tinham tempo máximo de 15 segundos). Outra novidade da rede social será disponibilizada para todo o mercado anunciante a partir de 30 de setembro. Já utilizada em caráter de testes com algumas marcas, a inserção de links externos será estendida a todos os anunciantes. “As marcas poderão conduzir os usuários diretamente para seus sites ou até mesmo permitir que eles comprem aquele produto por meio de um clique”, explica Proti. O otimismo do Instagram em relação à abertura da timeline às inserções publicitárias é alto. De acordo com o diretor, os cinco meses em que a empresa testou o formato no Brasil já foram suficientes para demonstrar o potencial da rede social para a veiculação de campanhas. Segundo o porta-voz, avaliações encomendadas à Nielsen mostraram que o índice de lembrança de campanhas e mensagens publicitárias postadas no Instagram é alto. “Estamos oferecendo nossa estrutura para auxiliar agências e anunciantes a aproveitarem melhor os recursos da timeline e construir uma comunicação efetiva com o público-alvo, como já acontece com o Facebook”, frisa o diretor de desenvolvimento de negócios. Para a empresa, no entanto, a preservação da essência do Instagram como uma rede social para os usuários compartilharem suas próprias impressões acerca do mundo e de seus gostos, será mantida. “A experiência do usuários sempre será prioridade. Queremos que as marcas ofereçam um conteúdo que complemente essa utilização”, resume. FONTE: Meio & Mensagem

#redessociaisparaempresas #marketingdigital #mídiassociais #mídiassociaisriopreto #instagram #anúnciosnoinstagram #plataforma #patrocinio #marcas

© Todos os direitos reservados

Novva Comunicação

Siga a gente