As lições que o BBB 21 no ensinou até agora sobre mkt pessoal e posicionamento de marca


Ações de marketing digital e posicionamento de marca são destaques dessa edição


Apesar de ser um reality show do início dos anos 2000, o Big Brother Brasil tem se mostrado muito além de entretenimento. O programa tem surpreendido a audiência com grandes exemplos e ensinamentos na área de marketing digital e posicionamento de marca. Com essas estratégias, o reality bateu recordes de audiência e engajamento com o público, além de conquistar uma fila de grandes patrocinadores.


Por isso, hoje, o BBB é considerado muito mais que um programa de TV. É uma escola de marketing digital, que se renova a cada dia e se mantém forte por produzir narrativas envolventes e engajadas. Essas lições de negócio nos ensinam sobre a importância de planejar a estratégia de marketing da sua marca não só para o agora. A receita de sucesso para conseguir dialogar com seus clientes constantemente é o pensamento a longo prazo.


O maior exemplo neste caso foi a participação da cantora e atriz Manu Gavassi, participante da edição de 2020 do BBB. Além de planejar todas as suas postagens nas mídias sociais por 93 dias (tempo total de duração do programa), a finalista teve suas redes alimentadas simultaneamente e em ordem cronológica com os acontecimentos do programa. Puro storytelling! O sucesso foi tão grande que agora, em 2021, outros participantes do reality show adotaram a fórmula da cantora.


Agora, sobre a edição deste ano, a palavra-chave é: coerência. O posicionamento de marca assertivo não existe sem coerência. Na edição 21 podemos ver vários exemplos de contradição, como o caso da cantora Karol Conká e a psicóloga Lumena, que foram "canceladas" aqui fora por suas atitudes dentro da casa.


Pergunte-se: suas ações condizem com o que você prega em suas redes?