Devo usar o e-mail marketing na minha estratégia?


O e-mail marketing é um recurso muito valioso para a estratégia de marketing de qualquer empresa. Muitas não acreditam nisso por utilizarem de forma errada ou sem planejamento. Tem também quem acredite que o e-mail não funciona mais porque “saiu de moda”. Sim, as mídias sociais estão na frente do marketing digital, mas a dinâmica muda o tempo inteiro e, neste cenário, o e-mail é também uma segurança. Se o Facebook e Instagram acabarem, onde estará sua base de clientes?

Em primeiro lugar, deve-se compreender que assim como em muitas outras situações, qualidade é melhor do que quantidade. Se você envia um e-mail marketing para o maior número de pessoas possível pensando em aumentar as chances de conversão, com certeza vai se frustrar com o resultado. Basta medir a situação pelo próprio comportamento: o que você faz com os e-mails “de propaganda” que recebe? Daria mais atenção se o assunto fosse impactante e estivesse relacionado aos seus interesses pessoais ou profissionais, certo?

A segmentação é o segredo. De nada adianta enviar seu conteúdo para um público desengajado com o tema. Primeiro, o conteúdo deve ser rico e relevante; depois, ele deve ser enviado para o público específico de interesse naquele tema. E o assunto do e-mail também é muito importante. Normalmente é por ele que as pessoas decidem abrir ou não uma mensagem. Acertando o conteúdo e a segmentação, as chances de atrair novos clientes são muito maiores.

O outro segredo é a paciência. Se a sua base de leads estiver bem filtrada, por mais que um primeiro, segundo ou terceiro e-mail não se concretize em venda, continue investindo no seu conteúdo, pois no momento em que o cliente estiver preparado para a compra, é de você que ele vai lembrar.

Ou seja, dar conteúdo relevante e gratuito não é perda de tempo, é investimento.

#emailmarketing #estratégiademarketing #marketingdigital #marketing #estratégias

© Todos os direitos reservados

Novva Comunicação

Siga a gente